A polícia prendeu um dos suspeitos de matar e atear fogo no corpo de um empresário, crime foi na Brasilândia, zona norte de São Paulo. Eduardo foi encontrado carbonizado dentro de um carro, em uma área de mata, após cair no golpe do falso encontro. Durante as investigações, os agentes descobriram que Leandro faz parte de uma quadrilha especializada no “golpe do amor”. Câmeras de segurança flagraram o suspeito comprando gasolina e um isqueiro em um posto de combustíveis. Os itens, que foram usados para incendiar o carro do empresário, foram pagos com o cartão virtual no celular. No dia do crime, Eduardo saiu de casa com uma garrafa de vinho para encontrar “Jonnas”, um jovem que havia conhecido em um aplicativo de relacionamentos. Segundo a polícia, o empresário foi baleado após reagir ao assalto.

source