Captura de Tela 30 e1695835310747
(Crédito: Assessoria de Imprensa e Comunicação da SSP)

A Polícia Militar realizou na manhã desta quarta-feira (27) a inauguração da nova sede da 2ª Companhia do 7º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M), que passará a atender na rua Dom José de Barros, na República, no centro de São Paulo.

“Essa conquista, graças a essa parceria com a iniciativa privada, é um domínio do território. Só vamos reconquistar o centro com esse domínio. A nossa preocupação é com os comerciantes, com funcionários e moradores da área central. A Polícia Militar e Civil, integradas com a Guarda Municipal, vão fazer e continuar fazendo o seu melhor. Meu abraço aos senhores que fazem a diferença diariamente no combate ao crime, em especial ao crime organizado”, disse o secretário da Segurança Pública, Guilherme Derrite.

Com o local, o efetivo da 2ª Cia passa ter a própria unidade, já que antes dividia a sede com a 1ª Companhia do 7° BPM/M, na Praça Franklin Roosevelt, também no centro.

A obra começou em maio e teve investimento de R$ 2 milhões por parte da iniciativa privada da entidade Associação Move Centro SP. O local foi reformado para abrigar os diversos policiais militares que atuam na região.

Com 600 metros quadrados, a nova sede conta com dormitórios, duas lavanderias, sala de instruções, almoxarifado, estacionamento para viaturas, alojamento para homens e mulheres policiais, sala de objetos com computadores à disposição do efetivo e dois banheiros para o público geral.

A 2ª Companhia é comandada pelo capitão PM Walter de Lucas Filho e conta com o efetivo de 126 policiais e apoio de 24 viaturas.

Operação Impacto – Ação e Movimento pelo Centro

Durante a inauguração, foi anunciada a “Operação Impacto – Ação e Movimento pelo Centro”. O objetivo é aumentar o combate à criminalidade na região central e integrar os policiamentos de Radiopatrulha, Radiopatrulha com Motos, Força Tática, Ações Especiais e Cavalaria.

Na região da 2ª Cia, houve queda de 24,8% nos roubos e de 1,6% nos furtos em agosto em comparação ao mesmo período do ano passado. Além disso, foram realizadas 50 prisões/apreensões em agosto, 34 a mais que no mesmo comparativo com 2022.

source