O cantor sertanejo suspeito de matar e queimar o corpo da ex-namorada, no interior de São Paulo, prestou depoimento. A dentista já havia feito um boletim de ocorrência e conseguido uma medida protetiva contra ele. O velório de Bruna Viviane Angleri foi interrompido, porque o corpo teve de voltar ao IML para fazer exames complementares.

source
Com informações do R7

source