Uma mulher de 26 anos foi assassinada pelo ex-marido em Praia Grande, litoral paulista.  Juliano não aceitava o fim do casamento com Karina, e, segundo a família, ela tinha conseguido medida protetiva alguns dias antes, mas foi morta com golpes de faca dentro da casa onde morava com o marido. O crime foi na frente do filho do casal, de apenas 9 anos. Um áudio enviado por Juliano para um amigo, revela ameaças de morte dele, alegando uma suposta traição. Depois de matar Karina, segundo a família, Juliano teria tentado simular um suicídio. Os dois foram levados para o hospital e Karina lutou pela vida por seis dias, mas não resistiu. Juliano sobreviveu e está sob custódia policial, e alega legítima defesa.

source