Semozel retirou todo o material que estava solto na travessa Willands Guidotti aplicou sub base e executou compactacao amanha a via recebera novo pavimento
Semozel retirou todo o material que estava solto na travessa Willands Guidotti, aplicou sub-base e executou compactação; amanhã, a via receberá novo pavimento

Equipes da força-tarefa da Prefeitura, que envolve as secretarias de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), de Trânsito e Transportes (Semuttran) e a Defesa Civil, em conjunto com o Corpo de Bombeiros e a CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz), seguem nas ruas da cidade, realizando serviços de limpeza, manutenção e recolhimento de árvores e galhos caídos, decorrentes da chuva e ventos fortes de ontem, 26/10. A travessa Willands Guidotti, no Centro, que teve parte do asfalto danificado, já está sendo reparada pela Secretaria de Obras e Zeladoria (Semozel).

A via havia sido pavimentada sem base, direto na terra, o que facilitou o desfazimento do asfalto durante a chuva. Hoje, a Semozel retirou todo o material que estava solto, aplicou sub-base e executou compactação. Amanhã, será feita nova pavimentação, mas de forma provisória, já que a via integra cronograma do pacote de obras de recape, que vai atender mais de 200km na cidade.

Simap esta desde ontem nas ruas recolhendo galhos e retirando arvores caidas que ja somaram 13 ate o momento
Simap está desde ontem nas ruas recolhendo galhos e retirando árvores caídas, que já somaram 13 até o momento

Houve ainda registros de falta de energia e destelhamento. A central da Semozel localizada na avenida Independência foi destelhada. Equipe atua desde a manhã de hoje nos reparos do imóvel.

Não há registro de vítimas, entretanto, uma residência no Parque Chapadão ficou alagada, sofrendo danos, e, por isso, a Defesa Civil precisou interditar o imóvel. Os moradores estão em casa de familiares.

ÁRVORES – A Simap atualizou para 13 o número de árvores caídas de pequeno e grande porte. As equipes da pasta, em conjunto com a empresa contratada para serviços de arborização, também estão atuando desde ontem com desobstrução de residências e vias retirando árvores e galhos caídos, além de limpeza das ruas e espaços públicos, como na Rua do Porto e na quadra poliesportiva do bairro São Dimas.

Os bairros mais atingidos foram Bairro Alto, Centro, Nova Iguaçu, Panorama, Maracanã e Santa Rosa. A prioridade para retirada de árvores é daquelas que envolvem risco, ou seja, que podem cair ou caíram sobre veículos e imóveis, interrompem vias e também em locais com grande fluxo de pessoas, bem como unidades de saúde e escolas.

Equipe da Simap atuou tambem com limpeza das ruas e espacos publicos como na Rua do Porto
Equipe da Simap atuou também com limpeza das ruas e espaços públicos, como na Rua do Porto

EDUCAÇÃO – As Escolas Municipais Alceu Marozzi Righetto, no Glebas Califórnia, e Judith Moretti Accorsi, no Parque Piracicaba, ficaram com atendimento e aulas interrompidos por conta de alagamento de salas, assim como a vinculada da EM Santo Granuzzio. As aulas voltam ao normal na segunda-feira, 30/10. As unidades escolares Geraldo Bernardino, São Vicente, Diva Araújo, Elias Boaventura, Érica Gobbo, vinculada Maria de Lourdes Fuzzetti Lorenzi e a sede da Secretaria de Educação, além do prédio da Merenda Escolar também foram atingidos pelas chuvas, registrando alagamento de salas. No entanto, o atendimento não foi afetado.

SAÚDE – O Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) teve problemas com infiltrações. O elevador da unidade está com o uso suspenso por tempo indeterminado para manutenção devido à chuva. Equipes já fizeram limpeza e o atendimento segue normal.

Limpeza foi feita na quadra poliesportiva do Sao Dimas
Limpeza foi feita na quadra poliesportiva do São Dimas

PREVISÃO – Segundo dados da Defesa Civil do Estado de São Paulo, o fim de semana poderá ser de mais chuva. A previsão é de 24mm no sábado, e de 30mm no domingo.

SERVIÇO – Munícipes que necessitem informar queda de árvores podem acionar o Corpo de Bombeiros pelo 193, a Prefeitura, pelo 156, a Guarda Civil, pelo 153, ou a Defesa Civil, pelo 199. Casos de falta de energia devem ser direcionados à CPFL pelo 0800-0101010 ou pelo site https://cpfl.com.br.

source