06/11/2023

Educação apresenta sistema informatizado com foco em 12,5 mil alunos

Plataforma tem como objetivo o acompanhamento da aprendizagem de estudantes do 1º ao 5º ano nas disciplinas de Português e Matemática; avaliação chegará a 512 turmas de 35 escolas

A Prefeitura de Suzano lançou na tarde desta segunda-feira (06/11), em evento realizado no Teatro Municipal Dr. Armando de Ré, o Sistema Informatizado Municipal de Avaliação na Educação Básica (Simaeb). A solenidade de exibição da plataforma, que garantirá o acompanhamento da aprendizagem de 12,5 mil alunos do 1º ao 5º ano, contemplando 512 turmas de 35 escolas para verificação do desempenho nas disciplinas de Português e Matemática, contou com a presença do prefeito Rodrigo Ashiuchi e dos secretários municipais de Saúde, Pedro Ishi, e de Administração, Cintia Lira.

A apresentação ficou por conta do secretário de Educação de Suzano, Leandro Bassini, que detalhou as características da plataforma, idealizada e desenvolvida pelas equipes pedagógicas e de Gestão de Sistemas da pasta e que será colocada em prática já no ano que vem.

O evento destacou o envolvimento dos profissionais da Educação suzanense que participaram diretamente da implementação dessa ferramenta, como a gestora estratégica, Renata Priscila Valencio Magalhães; os supervisores Rafael Battani e Douglas Marques; as responsáveis pelo núcleo pedagógico e do setor de suporte, Rosângela Matias e Janaína Camargo; e o responsável pela arquitetura do sistema, Rodrigo Santos. Foram convidados para a cerimônia diretores e diretoras das escolas da rede municipal, coordenadores, equipe técnica e integrantes das secretarias de cada unidade, além de demais servidores da pasta. Também prestigiou a atividade a supervisora de Ensino de Itaquaquecetuba, Daniela Carvalho.

A avaliação digital, que terá caráter inclusivo, com opção visual e sonora, será aplicada no início e no final do ano letivo, sendo implementada com o auxílio de chromebooks, que disponibilizarão as provas em formatos on-line e off-line, para monitorar o desenvolvimento das habilidades indicadas para cada série. Por ser um sistema criado pela Secretaria Municipal de Educação, baseada em um projeto de MBA de integrantes da pasta, será proporcionado aos gestores uma visão mais abrangente e assertiva sobre o desempenho dos estudantes. A plataforma, que foi testada na Escola Municipal Professor Manoel Vicente Ferreira Filho, para alunos do 4º ano B, será mais uma ferramenta de busca contínua por excelência no ensino.

Os resultados advindos desse instrumento auxiliarão nas tomadas de decisão no âmbito das unidades escolares e pretendem contribuir com a melhoria da qualidade do ensino da rede a partir do levantamento de dados, que podem garantir formações específicas de professores e construção de projetos relacionados aos investimentos pedagógicos e referentes à recuperação das aprendizagens não consolidadas.

Esse trabalho foi promovido a partir de um diagnóstico realizado internamente pela secretaria, que indicou a necessidade de uma avaliação institucional dos estudantes da rede para que pudesse haver um monitoramento ainda mais preciso do desempenho de cada um. Verificou-se que esse instrumento avaliativo institucionalizado potencializará a análise qualitativa e garantirá novas possibilidades para a proposição de políticas públicas.

Bassini enfatizou a capacidade dos profissionais da pasta, que garantiram inovação com um modelo desenvolvido para a educação do município. “No mercado, estão disponíveis softwares que buscam oferecer um conteúdo como esse, mas que não são elaborados para demandas específicas e custam caro. Com o conhecimento e envolvimento de nossas equipes, conseguimos fazer um empreendimento nosso, que apontará caminhos para garantirmos a melhor oferta de ensino possível dentro de sala de aula”, frisou o chefe da pasta.

O prefeito, por sua vez, lembrou que a adoção desse modelo de avaliação municipal sempre foi uma das metas da gestão. “Essa plataforma contribui com os avanços em nossa educação, que vão ao encontro dos objetivos de toda a administração municipal, que reflete no Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM), atraindo empresas e investimentos para a cidade. Os indicadores que serão apresentados com o novo sistema garantirão mais informações aos profissionais da Educação, para que o aprendizado seja consolidado e possamos proporcionar uma formação cada vez mais completa aos nossos alunos”, ressaltou Ashiuchi.


source