Competição que aconteceu no último sábado (11) na Estância foi desafio para aqueles que buscam superar seus limites e experimentar adrenalina

Uma prova marcada pelo sol de 33 graus: assim foi a última etapa da Haka Race 2023, em Ribeirão Pires, prova que aconteceu no sábado (11) e que explorou as belezas naturais da cidade, inclusive com disputas em caiaques, no Parque Oriental da Estância, localizado às margens da Represa Billings.

O evento esportivo reuniu corrida/trekking, mountain bike, caiaques, com orientação por meio de mapas e bússolas, e contou com a participaram de 72 atletas e 28 equipes.

Entre os ganhadores, estava a equipe de Ribeirão Pires, com os atletas Eduardo Morukuma e Cicero Fernandez, com o apoio de Márcio Cruz, que conquistaram 2ª lugar na categoria Pro Masculina, com um tempo de prova de 7 horas e 34 minutos. “Nossa resistência devido ao sol e o calor foi o ponto determinante para a conquista”, disse Eduardo, que participa da competição desde 2012”.

Em Ribeirão Pires, a competição foi destinada a equipes classificadas entre as três melhores ao longo do ano. A atividade é promovida pelo grupo especializado de esportes de aventura Haka Race, com o apoio da Prefeitura de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria da Juventude, Esportes e Lazer.

Para o prefeito de Ribeirão Pires, Guto Volpi, a competição proporcionou uma experiência única de aventura e turismo na região. “A Haka Race não é apenas uma corrida de aventura, é também uma oportunidade para conhecer Ribeirão Pires e suas belezas naturais. Durante o percurso, os participantes tiveram contato com paisagens deslumbrantes”, explicou o prefeito.

Para o próximo ano, Ribeirão Pires receberá, em maio, o Haka Haka Expedition, com a prova mais longa e desafiadora. O evento reunirá, em uma mesma prova, trekking, mountain bike (MTB), caiaque, rapel e orientação por meio de mapas e bússolas, nas categorias 75, 150 e 300 Km.

source