A Defesa Civil de São Paulo confirmou a morte de uma sétima pessoa em decorrência das fortes chuvas que atingiram o estado na tarde da última sexta-feira (3).


A nova vítima estava em Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, e morreu após o naufrágio de uma embarcação no dia 3. Os outros dois tripulantes foram socorridos e encaminhados ao serviço de saúde.


Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram


Além desta, outras seis pessoas morreram. Uma em Limeira, atingida por um muro; uma em Osasco, após queda de árvore sobre um carro; uma em Santo André, atingida por destroços que caíram de um prédio; uma em Suzano e duas na capital, todas depois da queda de árvores. 


A Defesa Civil também atendeu cerca de cem desabamentos em todo o estado, em ocorrências com danos em muros, casas e destelhamento de imóveis.



A Defesa Civil estadual e de municípios e o Corpo de Bombeiros registraram mais de 2.000 chamados em ocorrências em 40 cidades. Até o momento, não há previsão de novas tempestades e vendavais para os próximos dias.


A cidade de São Paulo ainda enfrenta caos devido às fortes chuvas. Alguns bairros da capital paulista continuam sem energia elétrica e sem abastecimento de água. Segundo a Enel, as zonas mais atingidas são a sul e a oeste.

source