Unidade móvel de castração realiza 200 cirurgias neste sábado, em ação conjunta da Prefeitura de Ribeirão Pires e Canoas e o Instituto Caramelo

Na manhã deste sábado (8), o Castramóvel de Ribeirão Pires chegou à cidade de Canoas, no Rio Grande do Sul, para realizar um mutirão de castrações de animais. A iniciativa, que já completou 200 cirurgias neste segundo dia de atuação, visa controlar possíveis casos de zoonoses na região, afetada por desastres naturais causados pelas chuvas e alagamentos.

A ação é fruto de uma parceria entre a Prefeitura da Estância, a de Canoas e o Instituto Caramelo. A equipe de Ribeirão Pires é composta por médicos veterinários, biólogos e voluntários dedicados. Esta é a segunda vez que a equipe0 é enviada por Ribeirão Pires para o sul do país neste período de calamidade pública. No mês passado, os profissionais já haviam atuado no resgate e cuidados de animais na região.

“A contenção das zoonoses é crucial em qualquer circunstância, mas se torna ainda mais vital em períodos de calamidade pública, como o que estamos vivenciando aqui no Rio Grande do Sul. As chuvas intensas e os alagamentos aumentam significativamente os riscos de disseminação de doenças transmitidas por animais, tanto para outros animais quanto para os seres humanos”, explicou o doutor Paulo França, do Centro de Controle de Zoonoses de Ribeirão Pires.

A atuação da equipe especializada visa não apenas o controle populacional de animais de rua, mas também a promoção da saúde pública.

“A colaboração entre diferentes municípios e organizações demonstra a importância da união de esforços em momentos de crise, destacando o papel crucial da solidariedade e da ação conjunta na mitigação dos impactos das catástrofes naturais”, destacou o prefeito Guto Volpi.

source
Com informações da Prefeitura de Ribeirão Pires

Anúncios

source

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui