Com acréscimo de 12 leitos de isolamento, o objetivo é se preparar para atender o aumento de casos de gripe e Covid-19 de forma humanizada



Os leitos de isolamento foram separados para bloquear a disseminação das doenças respiratórias

Especialistas do Pronto-Socorro do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE) criaram um plano de contingenciamento para aguardar a chegada do inverno e o aumento de casos de Influenza A (gripe) e Covid-19. Os períodos das doenças sazonais são um alerta para o aumento das demandas e, por isso, a instituição já se preparou para receber os pacientes com acréscimo de 12 leitos de isolamento, além de equipe multidiciplinar que contará com médicos especialistas, enfermeiros, assistentes sociais e residentes.

Os leitos de isolamento foram separados para dar acolhimento humanizado e também para bloquear a disseminação das doenças respiratórias nas dependências do hospital. O plano de contingenciamento ainda conta com a definição de um fluxo de atendimento preferencial para os pacientes idosos, maior público do HSPE. Além disso, serão disponibilizados equipamentos de proteção individual (EPIs), como máscaras para os pacientes.

LEIA TAMBÉM: Iamspe inaugura Unidade de Cuidados Personalizados do Pronto-Socorro no HSPE

“Essas ações coordenadas são fundamentais para que o paciente acesse o PS e possa ser atendido o mais breve possível, evitando ao máximo que transmita os vírus circulantes para outras pessoas que estiverem aguardando atendimento. Também auxilia na organização da resposta clínica e na melhora de todo o fluxo do PS”, explica Werlley Januzzi, coordenador da unidade no pronto-socorro do HSPE.

Os leitos estão localizados na Unidade de Cuidados Personalizados (UCP) do Pronto-Socorro do HSPE, que conta com assistência especializada 24 horas por dia.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

source
Com informações do Governo de São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui