Patrícia Campos Ferraz dá dicas de alimentos funcionais, cujos benefícios são reconhecidos pelo “Guia Alimentar da População Brasileira”



Alimentos funcionais
Os alimentos funcionais são tão importantes que o Guia Alimentar da População Brasileira também estimula seu consumo

Alimentos funcionais fazem parte de nossa dieta, não são suplementos. Eles possuem propriedades benéficas à saúde, além do seu valor nutricional intrínseco. Patrícia Campos Ferraz, nutricionista, mestre em Ciência dos Alimentos pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP, cita o café, chá verde, derivados de soja, grãos integrais, frutas, verduras e legumes como exemplos que contribuem para uma vida saudável, e explica seus efeitos positivos no corpo humano.

“Chá verde e café são benéficos ao sistema nervoso central, ajudando na queima de gordura, prevenção do câncer de esôfago e gástrico e regulação da microbiota intestinal. Derivados da soja tais como tofu, grãos integrais, aveia e chia são fontes de fibra, que regulam o microbioma intestinal e a função intestinal. Frutas, legumes e verduras contêm carotenoides e bioflavonoides benéficos à saúde. A soja ajuda a reduzir o colesterol ruim, o LDL e os sintomas da menopausa. Espinafre e couve auxiliam na redução do risco de degeneração macular e de catarata. Maçã previne trombose, eventos cardiovasculares e câncer de pulmão. Óleo de linhaça, nozes, amêndoas, castanhas e  azeite de oliva têm vários tipos diferentes de ácidos graxos.”

LEIA TAMBÉM: Festa junina com milho: SP distribui 2 milhões de espigas na alimentação escolar

Benefícios dos peixes

Nós já sabemos que os peixes, ricos em Ômega 3, auxiliam na redução do risco de doenças cardiovasculares. O alho ajuda na diminuição da pressão arterial e dos níveis de colesterol. O ideal seria consumir um dente de alho in natura, mas corra o risco de ver as pessoas se afastando de você por causa do bafo. Os alimentos funcionais são tão importantes que o Guia Alimentar da População Brasileira também estimula seu consumo, assim como outras entidades internacionais.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

source
Com informações do Governo de São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui